De noiva pra noiva: sobre ser "a noiva" e ser você mesma

10 de fevereiro de 2016

Na semana passada, quando eu dei 5 dicas para não surtar enquanto organiza seu casamento, falei sobre a importância de manter a rotina e seguir fazendo aquilo que já faz parte do seu dia a dia.

Mas aquela dica não é apenas para ajudar a controlar o estresse e manter a cabeça em ordem para decidir tantas coisas que o casamento traz, ela tem um impacto muito maior na vida da noiva do que você pode imaginar.

Durante os preparativos do casamento você acaba deixando de ter um nome próprio e passa a ser "a noiva", mas tudo bem, afinal você sonhou a vida inteira com esse momento e é uma delícia viver esse período com toda intensidade.

O problema é quando você passa a ser a noiva em tempo integral e esquece de ser a namorada, a filha, a amiga e, pior, esquece de ser você mesma. E tudo isso sem sequer se dar conta...


Quando se acumula as múltiplas funções da vida de noiva (cerimonia, casa nova, festa, mudança, viagem...) é normal você esquecer de para tomar um café com as amigas sem que seja para explicar as suas tarefas como madrinhas ou sair para jantar com o noivo sem perguntar pela milésima vez se ele ja terminou a lista de convidados.

Mais difícil ainda é ter um momento só seu, seja folhear uma revista (que não seja de vestido de noiva) sem olhar pelo celular se o fornecedor já respondeu o seu e-mail, seja tomar banho calmamente sem lembrar que precisa conferir se os móveis da casa nova serão entregues no prazo.

Eu sei que você se identificou com alguma dessas situações, já passei por isso...

Meu conselho, então, é que você seja noiva (intensamente), mas não esqueça de ser você.

Repito o que já disse no post anterior, não deixe de fazer as coisas que você sempre gostou por falta de tempo na agenda de noiva ou por ter muitas decisões a tomar para ontem, é mantendo a rotina (e saindo dela com coisas não relacionadas ao casamento) que você vai conseguir organizar os pensamentos e ter disposição para enfrentar a próxima maratona de prova de vestidos e reuniões com fornecedores.

Experimente ter momentos só seus, como passear no shopping para comprar uma roupa nova para a lua de mel, mas sem a pressão de ficar pensando em tudo o que falta resolver para a viagem.  Talvez conhecer um restaurante novo, talvez uma aula de dança, talvez preparar um prato diferente junto com o noivo, algo que te relembre quem você e não a noiva que você está sendo.

E uma das partes mais importantes é não esquecer de ser você (não noiva) com o noivo, manter a rotina de casal e aproveitar as decisões sobre o casamento e a casa nova para pensar nas coisas boas que estão construindo, nos sonhos que estão realizando juntos é fundamental, especialmente para superar as brigas bobas pelo estresse e os conflitos de opiniões na hora de tomar as decisões.

Não esqueça de ser você Lembre-se que ser noiva é uma fase e logo você será a "recém-casada", no futuro quem sabe a "nova mãe", são tantas as fases que vamos vivendo, descobrindo e que vão acrescentando à quem nós verdadeiramente somos.

Um comentário :